Latin America and Caribbean

OCLC apresenta um CONTENTdm reformulado

DUBLIN, Ohio, EUA, 8 de março de 2011—O CONTENTdm 6, a versão mais recente do popular software de gerenciamento de coleções digitais da OCLC, o CONTENTdm, oferece uma reformulação completa para a experiência do usuário final, junto com novas ferramentas de configuração de sites que permitem que os administradores de coleções digitais personalizem facilmente seus sites de coleções, sem que tenham experiência em programação. Agora, o CONTENTdm oferece novas opções de personalização, nova arquitetura e melhorias para a otimização do mecanismo de busca.

Criado com uma abordagem de projeto centrada no usuário, o novo CONTENTdm é o resultado de muitos testes de uso. A OCLC incorporou o feedback desses estudos de uso — juntamente com informações e considerações sobre segurança e desempenho da comunidade de usuários do CONTENTdm e com o objetivo secundário de facilitar a personalização — para criar uma experiência mais intuitiva para usuários finais e ferramentas que permitam que os administradores de coleções digitais personalizem rapidamente seus sites de coleções.

O novo site do CONTENTdm passou em todos os testes de uso, com 97% dos usuários finais conseguindo cumprir suas tarefas. A usabilidade aprimorada gera maior uso e participação em coleções digitais de bibliotecas. A nova interface do usuário final oferece acesso mais simples aos itens digitais, caminhos de navegação mais fáceis, interação dinâmica com itens digitais e diversas vias de descoberta. Ela também oferece mais funcionalidade aos usuários finais, incluindo a capacidade de compartilharem itens digitais (por e-mail, Facebook, Twitter, Flickr e muito outros), um visualizador de imagens aprimorado na aplicação de zoom e visão panorâmica e visualizações de imagens em tela inteira, bem como recursos compatíveis com descobertas, como QuickView, Busca avançada, Tópicos sugeridos, Facetas, trilhas de navegação e feeds RSS.

A nova ferramenta de configuração de sites permite aos administradores de coleções digitais do CONTENTdm adaptar a aparência e o comportamento de suas coleções. Com a nova ferramenta, os administradores podem criar um aspecto e impressão de marca para seus sites, sem que tenham habilidades de programação ou recursos de desenvolvedor da Web. Os administradores podem personalizar cores e estilos ou enviar logotipos, bem como visualizar seus sites antes da publicação de alterações, usando o conjunto de ferramentas. Além disso, todas as personalizações permanecerão em futuras atualizações do software.

"A versão mais recente do CONTENTdm é um grande avanço", afirmou Edward Kirkland, gerente de projetos do My Leicestershire Digital Archive, da Universidade de Leicester. "O uso da nova ferramenta de configuração de sites tornou muito simples e rápida a personalização de nosso site de arquivos digitais. E escapar da codificação é realmente conveniente para sites como o nosso, sem suporte técnico interno. A sustentabilidade a longo prazo de nossa instância do CONTENTdm é muito mais garantida sabendo que nos são exigidas informações técnicas mínimas."

Otimizado para a personalização, o novo CONTENTdm também acomoda as instituições com equipe técnica disponível para fazer personalizações mais avançadas e amplas usando páginas e scripts personalizados, o Cascading Style Sheets personalizado e várias outras ferramentas.

Entre os outros aprimoramentos do CONTENTdm estão a Otimização do mecanismo de busca melhorada, vocabulários controlados atualizados e muito mais. Ele também inclui um novo recurso que torna a criação de metadados mais eficiente, com a extração automática de metadados incorporados de imagens. Agora, os metadados EXIF e IPTC incorporados em imagens JPEG e TIFF podem ser extraídos automaticamente e depois mapeados para campos Dublin Core ou Qualified Dublin Core.

"Essa nova versão do CONTENTdm serve como a base na qual construiremos uma funcionalidade mais avançada no futuro. Entre os planos da OCLC de incluir mais aprimoramentos nesta versão ainda este ano estão os recursos sociais, como comentários, classificações e avaliações; ferramentas adicionais de configuração e ainda mais opções de personalização", explicou Claire Cocco, diretora de serviços de coleções digitais da OCLC.

Mais de 2.000 bibliotecas, arquivos, museus e outras instituições de patrimônio cultural ao redor do mundo usam o CONTENTdm para gerenciar suas coleções digitais e disponibilizá-las na Web.

Veja como bibliotecas e outras instituições estão usando o CONTENTdm na Web.

Mais informações sobre o CONTENTdm estão disponíveis no site.

Sobre a OCLC

Fundada em 1967, a OCLC é uma organização sem fins lucrativos, baseada em membresia, dedicada a prestar serviços bibliotecários computadorizados e de pesquisa, com o propósito público de facilitar o acesso à informação mundial e reduzir os custos associados. Mais de 72.000 bibliotecas de 170 países usam os serviços da OCLC para localizar, adquirir, catalogar, emprestar, preservar e gerenciar materiais de biblioteca. Pesquisadores, estudantes, professores, acadêmicos, bibliotecários profissionais e outros pesquisadores de informação usam os serviços da OCLC para obter informações bibliográficas, resumos e textos completos quando e onde necessário. A OCLC e suas bibliotecas membros produzem e mantêm de maneira cooperativa o WorldCat, o maior banco de dados on-line do mundo para a descoberta de recursos de biblioteca. Pesquise o WorldCat.org na Web. Para obter mais informações, acesse o site da OCLC.

OCLC, CONTENTdm, WorldCat e WorldCat.org são marcas comerciais e/ou de serviço da OCLC Online Computer Library Center, Inc. Nomes de produtos, serviços e empresas de terceiros são marcas comerciais e/ou de serviço de seus respectivos proprietários.

Para obter mais informações

  • Bob Murphy

    Bob Murphy

    Manager, Media Relations

    O: 614-761-5136

Somos uma cooperativa mundial de bibliotecas mantida, administrada e de propriedade de nossos membros desde 1967. Nossa finalidade pública é uma declaração de compromisso mútuo — que vamos trabalhar juntos para melhorar o acesso às informações contidas em bibliotecas de todo o mundo, e encontrar formas de reduzir os custos para as bibliotecas por meio da colaboração. Saiba mais »