Latin America and Caribbean

A Lawrence Tech muda para os Serviços de gerenciamento WorldShare da OCLC

 

Durante o primeiro semestre, a equipe da biblioteca da Lawrence Technological University iniciou uma tranquila transição do atual sistema de bibliotecas Sirsi para os novos Serviços de gerenciamento WorldShare da OCLC baseados em computação em nuvem, também chamados de OCLC WMS.

Os Serviços de gerenciamento WorldShare são uma forma completamente nova de fornecer serviços de biblioteca. O usuário não saberá que todas as transações são realizadas fora do campus, na sede da OCLC em Columbus, Ohio. Quando foi fundada em 1971, a OCLC era originalmente o College Library Center de Ohio e, atualmente, se tornou a fonte de informações bibliográficas mais influente do mundo, com mais de 1,8 bilhões de acervos de 72.000 bibliotecas em 170 países.

A Lawrence Tech é membro colaborador da OCLC desde 1977, e quase todos os seus registros de catalogação foram importados da OCLC. Esses registros também são a fonte principal do compartilhamento de livros e artigos entre as bibliotecas, além de serem a base para o atual sistema de empréstimo entre bibliotecas.

“Decidimos fortalecer nossa relação com a OCLC e nos tornarmos o novo membro dos Serviços de gerenciamento WorldShare, sendo uma das primeiras bibliotecas em Michigan e na região centro-oeste a fazer essa parceria”, explicou Gary Cocozzoli, diretor da biblioteca.

Embora o sistema Sirsi seja eficiente, continuar com o sistema exigiria investimento em peças de reposição, pagamentos adicionais por novos serviços, como aplicativos para celular, e a aquisição de pelo menos um novo servidor. O software atual do catálogo TechCat não é mais compatível e será substituído antes que sejam feitas quaisquer atualizações no sistema.

Com isso em mente, os bibliotecários começaram a considerar outros sistemas, inclusive softwares de código aberto. Nada parecia ideal até que os Serviços de gerenciamento WorldShare, criados recentemente, foram disponibilizados para as bibliotecas no final de 2011.WorldShare da OCLC

Os Serviços de gerenciamento WorldShare facilitam todo o processo da biblioteca, iniciando com o pedido, a localização e a verificação e devolução do item. Esse serviço requer pouca ou nenhuma manutenção no campus, nenhum servidor nem equipamentos especiais. A equipe do suporte de TI da Lawrence Tech terá mais tempo para oferecer à biblioteca novos serviços, em vez de realizar backups diários, lidar com problemas técnicos e enfrentar o difícil processo de atualização do software pelo menos uma vez por ano. Todas essas providências serão realizadas pela OCLC.

Enquanto os membros dos Serviços de gerenciamento WorldShare desenvolvem novos aplicativos, outros podem compartilhá-los. Os Serviços de gerenciamento WorldShare são desenvolvidos com base em padrões, e os membros trabalham em conjunto para criar um sistema de bibliotecas que seja funcional e eficiente. “A ideia de trabalhar em conjunto com outras bibliotecas WorldShare da OCLC é um excelente aspecto desta mudança”, disse Cocozzoli.

Os Serviços de gerenciamento WorldShare da OCLC também adicionam uma plataforma de descoberta, um novo conceito interessante no mundo das bibliotecas.

“Imagine pesquisar uma interface e obter todos os livros da LTU, todos os livros de outras bibliotecas e artigos científicos dos mais de 100 bancos de dados da LTU ao mesmo tempo, por meio de uma única interface”, disse Cocozzoli. “Caso a LTU não tenha o livro ou o artigo, é possível fazer uma solicitação de empréstimo entre bibliotecas diretamente na interface.”

Adotar uma plataforma de descoberta como software autônomo seria extremamente caro, mas uma será incluída quando a LTU fizer a assinatura dos Serviços de gerenciamento WorldShare.

Inicialmente, nem todos os 101 bancos de dados da LTU serão incluídos nos Serviços de gerenciamento WorldShare, mas a maioria será. Todos os bancos de dados atuais ainda poderão ser pesquisados por meio de suas interfaces nativas.

Esta notícia da OCLC está presente no artigo “Novo sistema WorldShare impulsionará os serviços da biblioteca", da Lawrence Technological University. Publicada na web, o artigo foi usado com permissão do Editor geral do Departamento de Imprensa da Lawrence Technological University. A história original está disponível no website da Lawrence Technological University em: http://technews.ltu.edu/index.php/2012/02/29/new-worldshare-system-will-supercharge-library-services/