Latin America and Caribbean

Registro de número cinco milhões é inserido no Gateway pela Universidade do Havaí, em Manoa

 

O registro de número cinco milhões, do Programa de Coleções Digitais e Repositório da Biblioteca da UHM (Universidade do Havaí em Manoa), foi recentemente inserido no WorldCat por meio do WorldCat Digital Collection Gateway.

O WorldCat Digital Collection Gateway, ferramenta de autosserviço baseada na Web, torna possível que qualquer instituição com repositório compatível com OAI envie sozinha os metadados do seu conteúdo digital exclusivo para o WorldCat para que ele tenha mais visibilidade.

O registro de número 5 milhões, ‘Greengold’ – A Late Season Avocado, fornece um link para  uma folha de dados do Cooperative Extension Service do Havaí, escrita por R. A. Hamilton em 1993. O registro pode ser visualizado em http://www.worldcat.org/oclc/651068813

O registro, ‘Greengold’ – A Late Season Avocado, foi disponibilizado pelo Programa de Coleções Digitais e Repositório da biblioteca da UHM. O programa abrange os dois repositórios da biblioteca, ScholarSpace e eVols, construídos na plataforma DSpace, um programa de arquivamento pela Web, bem como 50 coleções especiais digitalizadas que se concentram em materiais históricos e culturais.

“Mantemos uma conta de-mail para os repositórios e, por meio dela, recebemos diversos comentários positivos de pessoas que nos agradecem por tornar esses recursos disponíveis. Também recebemos pedidos de fornecimento de informações de contato de usuários que tentam entrar em contato com um dos nossos pesquisadores. É ótimo receber esse tipo de mensagens, pois ficamos sabendo que outras pessoas estão achando úteis as pesquisas que realizamos aqui”, disse Beth Tillinghast, bibliotecária do suporte da web e gerente do projeto de Repositório Institucional da biblioteca da UHM.

A fim de tornar os metadados de itens do repositório disponíveis para captura OAI, a biblioteca da UHM usa o Qualified Dublin Core e segue as diretrizes descritas pelo Aquifer Project da Federação de Bibliotecas Digitais.

“Desde os estágios iniciais do desenvolvimento do repositório, insistimos que o esquema de metadados deveria ser compatível com OAI. Sempre foi importante para nós que nossos repositórios pudessem ser capturados”, explica Tillinghast.

Além disso, ela observa que os repositórios da UHM são promovidos em workshops e apresentações durante eventos acadêmicos e em celebrações e apresentações de livre acesso. E ela participa do DSpace Global Outreach Committee, que é um grupo de voluntários que trabalham para identificar e desenvolver recursos e ferramentas para os usuários de DSpace. 

Como definido em sua missão, o Programa de Coleções Digitais e Repositório da biblioteca da UHM luta para construir coleções exclusivas do Havaí, Pacífico e Ásia, para benefício de todos.  Para saber mais sobre esse programa, visite http://guides.library.manoa.hawaii.edu/dcarp