Latin America and Caribbean

Universidade de Maryland, College Park

Automatize o gerenciamento de recursos eletrônicos

Aluno com um laptop

Logomarca da Universidade de Maryland

"Estamos procurando uma maneira melhor de gerenciar nossos recursos eletrônicos."

Carlen M. Ruschoff
Diretora de serviços técnicos,
Universidade de Maryland, College Park

A coleção da Universidade de Maryland é vasta, com 4 milhões de volumes, 17.000 jornais eletrônicos, 600.000 e-books e mais de 350 bancos de dados. E, como a grande maioria das instituições, os recursos eletrônicos da universidade estão crescendo rapidamente. A biblioteca está em 10º lugar no ranque nacional de recursos eletrônicos como uma porcentagem do total de materiais bibliográficos.

Processar essas coleções eletrônicas para inclusão no catálogo local da biblioteca acabou consumindo tanto tempo que a equipe da biblioteca havia determinado que eles nunca mais conseguiriam acompanhar o fluxo com as aquisições de e-livros. "Estamos procurando uma maneira melhor de gerenciar nossos recursos eletrônicos", disse a Sra. Ruschoff. "Nós começamos a realmente olhar com atenção para a base de conhecimento do WorldCat".

"Nós conseguimos tornar acessíveis um grande número de títulos em um curto período de tempo".

A biblioteca configurou o WorldShare Metadata para incluir os títulos em registros combinados no WorldCat e desenvolveu um fluxo de trabalho para processar os pacotes de e-books. Usando os recursos da base de conhecimento WorldCat, "nós conseguimos tornar acessíveis um grande número de títulos em um período de tempo realmente curto", diz a Sra. Ruschoff. A biblioteca processou mais de 462.000 e-livros, tornando os fáceis de encontrar e acessíveis para alunos através do WorldCat em apenas um ano.

A base de conhecimentos do WorldCat combina dados sobre os recursos eletrônicos da biblioteca e recursos de vinculação que permitem acesso rápido e confiável ao conteúdo, enquanto ajudam as bibliotecas a gerenciar os fluxos de trabalho associados a esses materiais. Diferentemente de uma base de conhecimentos tradicional, a base de conhecimentos do WorldCat não está vinculada a uma aplicação específica. Em vez disso, ela é mantida em um único lugar para uso de muitos serviços da OCLC e de um crescente número de serviços de parceiros.

A Universidade de Maryland, College Park, tem trabalhado com a OCLC, outras bibliotecas e com outros fornecedores de conteúdo para automatizar ainda mais e melhorar a descoberta e acesso de recursos eletrônicos. "Queremos automatizar ainda mais nosso processo para que tenhamos mais tempo de focalizar em nossos projetos", diz a Sra. Ruschoff. Assim como em outras cooperativas da OCLC, não importa quem melhora um aumenta os registros, os dados da base de conhecimentos é, assim, mais útil para membros da biblioteca, assim como para parceiros.

A OCLC formou um Grupo de Qualidade Eletrônica para Provedores de Conteúdo para criar as melhores práticas para editoras, bases de conhecimentos e para bibliotecas. "Nós prevemos que melhores práticas crescerão e se adaptarão, conforme as necessidades mudem", diz a Sra. Ruschoff.

Mapa mostrando a localização da Universidade de Maryland, College Park

Visão geral da biblioteca

  • Localizada em College Park, no Estado de Maryland, nos EUA
  • As bibliotecas da Universidade de Maryland atendem 37.000 alunos e professores
  • As bibliotecas da Universidade de Maryland estão em 10º lugar no ranque de recursos eletrônicos como uma porcentagem total de materiais bibliográficos.

Histórias relacionadas

ucla-born-digital-rs

Salve conteúdos digitais em risco e exclusivos

Pesquisas cooperativas ajudaram o departamento de coleções especiais da biblioteca UCLA a enfatizar aquisições estratégicas de materiais digitais importantes.

drexel-university-rs

Gerencie coleções eletrônicas cooperativamente

Saiba como a Universidade Drexel consolidou o gerenciamento de todos os seus e-books usando o WorldShare Metadata e a base de conhecimentos do WorldCat.